Palestra aponta desafios do eSocial

O ambientes de teste do eSocial foi liberado para todas as empresas desde o dia 1º de agosto. Para entender melhor como proceder com o envio de eventos e os prazos legais, o Seac-RJ promoveu, em parceria com a Najason Sistemas, a palestra “Imersão eSocial” no dia 05/09, na sede do Sindicato.

“O eSocial será uma realidade na rotina das empresas a partir de 2018, uma vez que o Governo não dá sinais de novos adiamentos. O Seac-RJ ciente do seu papel com entidade representativa da categoria busca ajudar os gestores das empresas associadas a se acostumarem com os novos termos e processos que passarão a usar”, disse Ricardo Garcia, presidente do Seac-RJ.

Segundo Angeline Matos, especialista em soluções de RH e DP da Najason Sistemas, o eSocial, na teoria, não provoca impactos às empresas, pois não altera a legislação vigente, apenas unifica o local de envio das informações. No entanto, o aumento no rigor dos prazos e da fiscalização tornam o menos dos erros em ônus financeiro para as empresas.

“O eSocial impacta a cultura da empresa. Um exemplo é o limite para a entrega do atestado médico. Em geral, o funcionário entrega o documento no retorno do afastamento, sendo que o eSocial dará o limite estipulado em norma de três dias pra o registro”, disse a palestrante Angeline Matos, especialista em Soluções de RH e DP.

O período de testes permite que as empresas se preparem antes do envio obrigatório dos eventos – cuja primeira onda está programada para o dia 1º de janeiro de 2018. O eSocial não disponibilizará ambiente de testes no formato web (com interface) como temos hoje no acesso do empregador doméstico. Para realização de testes, as empresas deverão utilizar sistemas próprios, que farão a comunicação com o eSocial via Web Service, conforme orientações para desenvolvedores na área de Produção Restrita.

 

 

Esta entrada foi publicada em EVENTOS, SEAC-RJ. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *